Artigos

A importância do lixo gerado no tratamento de diabetes.

VOCÊ SABIA

Jogar seringas, agulhas, lancetas, canetas descartáveis, materiais da bomba de insulina e outros resíduos no lixo comum, além de contaminar o meio ambiente, também pode causar ferimentos e transmitir doenças, como hepatites.

POR ISSO, É MUITO IMPORTANTE QUE VOCÊ FAÇA O DESCARTE CORRETO DOS MATERIAIS USADOS NA APLICAÇÃO DE INSULINA E NOS TESTES DE GLICEMIA.

LIXO DIABETES III

ONDE DESCARTAR

Os resíduos devem ser descartados, imediatamente após o uso, em um coletor apropriado para resíduos perfurocortantes, biológicos e químicos. O coletor é um recipiente rígido e inquebrável, com bola larga e tampa.

LIXO DIABETES IV

ONDE ADQUIRIR

O coletor pode ser retirado gratuitamente em Unidades Básicas de Saúde ou adquirido em farmácias, lojas especializadas e casas cirúrgicas.

 

ONDE ARMAZENAR

O coletor deve ser mantido em local seguro, longe das crianças e de animais domésticos.

 

QUANDO TROCAR

O coletor deve ser trocado por um novo quando o preenchimento atingir a linha pontilhada. Nunca tente resgatar algo de dentro do coletor ou reaproveite-o.

 

ONDE ENTREGAR

Após fechar o coletor, coloque-o em uma sacola plástica, amarre as alças e armazene-o em uma outra sacola, mais resistente, para transportar com segurança. Faça a entrega na Unidade Básica de Saúde mais próxima.

Informe-se na Unidade Básica de Saúde sobre os procedimentos para retirada e entrega do coletor.

 

NA CLÍNICA LIA ASCAR NÓS TAMBÉM RECEBEMOS OS DESCARTES  DO LIXO UTILIZADO NO TRATAMENTO DA DIABETES. BASTA SOLICITAR A NOSSA RECEPÇÃO QUE INDIQUE A LOCALIZAÇÃO DA LIXEIRA APROPRIADA, CONFORME ABAIXO ILUSTRADA:

Lixo hospitalar